Buenos Aires, Argentina, Dezenove de Junho de Mil Novecentos e Cinquenta e Dois.

Uma tragada.

A Segunda Grande Guerra acabou. Há sete anos. O mundo se recuperou?

Eles dizem que a Europa voltou a se desenvolver. Que há empregos. Que há lei e boa vida.

Só se for na Europa. Aqui, na Argentina, as coisas são diferentes. Elegeram Perón de novo, no ano passado. Não tenho uma opinião sobre ele, ainda. Não gosto de política. Talvez a Argentina esteja em boas mãos. Talvez, os Adormecidos possam viver melhor que nós, Despertos.

Outra tragada.

Aqui, em Buenos Aires, há uma tensão no ar. Uma sensação de que as coisas estão prestes a explodir.
O Consílio desistiu de procurar uma solução pacífica, e há uma Guerra Arcana entre suas facções. Rosario e Mercurio vão se matar, e arrastar todos os outros Magi com eles. Os desaparecimentos continuam, os cadáveres prosseguem agredindo os Adormecidos, negociando-os como gado. E agora há essa multinacional, que me parece estranha, tem uma aura estranha. Há códigos nos jornais. Há feitiços subliminares. Há um desespero incontestável.

Meu cigarro acabou. Agora vou sair e fazer alguma coisa por minha amada Buenos Aires, antes que seja tarde.

- Extraído do diário de Florença Mateotti aka. Alva, encontrado em seu apartamento dias após seu misterioso desaparecimento.

Nuevo Mundo

Mageawakeninglogo Thiago_Assamita Totty Pansa blakebrood