Nuevo Mundo

"Nós Fazemos. Vocês Acompanham."

Buenos Aires, 17 de Setembro de 1952.

A simples visão da Diácono Alva, desaparecida desde Julho, levou Cuervo e Villareal correndo até uma viela escura, no mesmo quarteirão que o Café Confraria, somente para ver um jovem rapaz despencar da janela de seu apartamento no quarto andar de um prédio qualquer. Enquanto Villareal levava o rapaz ferido ao Hospital, Cuervo usa de suas credenciais de jornalista para subir ao apartamento. Trancado.

Depois de preencher inúmeros formulários e retornar ao apartamento, Villareal encontra Magnum, ambos se encontram com Cuervo e decidem forçar a porta do apartamento. Lá dentro, sem pistas. Apenas uma maleta vazia e um paletó. No bolso um crachá: “Sou Ignácio, posso ajudar? Viacom Comunicação”. Um telefonema no apartamento. Cuervo atende. “Estou lhe vendo, Sr. Santiago. Não se meta em assuntos alheios.” Villareal ainda tenta uma Mágika de localização pelo fio do telefone. A ligação é terminada quando ele consegue identificar somente o bairro: Villa Martelli.

Ávidos por informações, os Magos decidem tentar a sorte com seus contatos. Voltam ao hospital Magnum telefona para a embaixada norte-americana, e pede ao jovem Harry Kissinger informações sobre a Viacom. A primeira delas é taxativa: os Rockfeller são acionistas majoritários do conglomerado de comunicações. Coincidentemente, o médico responsável por atender Ignácio é Orfeu, ou Dr. Marcelo de Coya, que informa aos Magi o estado de coma profundo do rapaz, além de estranhos ferimentos nos pulmões. Cuervo decide ficar e acompanhar o rapaz. Magnum e Villareal retornam ao Café Confraria.

De volta ao Café, os Magos percebem a presença de Manitou. Sentando-se em sua mesa, Magnum é informado: o atual alvo dos Matadores de Mortos está no Café, e tem estado há algumas semanas. Manitou pede: “Faça-me um favor, Major Thompson. Converse com ele e descubra informações.”
Diante do Vampiro, Magnum se apresenta. O morto-vivo faz o mesmo: Luciano Vilanova. Um rápida conversa. O vampiro procura Manitou, mas não faz a menor idéia de que ela está ali. É um jogo de gato e rato. Afirmando estar interessado no jovem saxofonista, o vampiro se retira, não antes de entregar a Magnum um cartão com seu nome e o logotipo da Viacom: “Nós fazemos. Vocês acompanham.” O cartão é entregue a Manitou juntamente com uma proposta: uma união das duas cabalas para destruir Vilanova, em troca de qualquer informação que possa aparecer sobre a Viacom no processo. Ela promete pensar.

Buenos Aires, 18 de Setembro de 1952.

Enquanto isso no Hospital, Ignácio estranhamente acorda e balbucia sobre os documentos, executivos e outras palavras soltas. Cuervo pergunta quem fez isso com ele, somente para ver o peito do rapaz explodir numa massa de sangue e resíduos escuros, cheirando a enxofre, o que é confirmado pelo Dr. Marcelo. Coletando um pouco do resíduo, Cuervo ruma para o Café Confraria. Os Magos resolvem descansar da noite corrida.

Pela manhã, Cuervo ruma para a redação do jornal para receber sua tarefa das mãos de sua chefa, Melina Cárdenas: uma coletiva de imprensa entre o Presidente Perón e Jean Baptiste, diretor executivo da Viacom. Depois de marcar uma conversa com sua colega de redação, a triste Catarina, Cuervo segue para a Casa Rosada. Lá, o Presidente Perón parece ter se esquecido de todos os problemas que o governo tinha com a Viacom: as acusações de tramar contra a estabilidade democrática, as acusações de sonegação de impostos. Além disso, assina o documento que garante a Viacom, “Agora do povo argentino, já que os Rockefeller venderam sua participação para a Família Mendoza”, uma concessão de transmissão televisiva.

Cuervo ainda segue Jean Baptiste, mas não consegue se comunicar com o executivo. Apela para a secretária, diz se tratar de assuntos relacionados aos misteriosos desaparecimentos que vem ocorrendo em Buenos Aires e ao assassinato de Ignácio. O diretor consente uma conversa: afirma que se encontrará com Cuervo no Parque Sarmiento. Após telefonema de Cuervo, Magnum e Villareal rumam apressados, somente para ver o executivo ser atropelado no momento em que atravessava a rua para a conversa. Uma falha no feitiço de localização de Villareal faz com que os três Magos esqueçam todas as características do carro…
_

Comments

Dan_Marques

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.